IF Sertão Câmpus Ouricuri certifica 150 jovens de nove municípios do Sertão de Pernambuco

30/04/2015 22:11

O  câmpus Ouricuri do IF Sertão-PE certificou, nesta quarta-feira (29), 150 jovens dos municípios de Ouricuri, Santa Filomena, Exu, Flores, Santa Cruz da Baixa Verde, Araripina, Granito, Parnamirim e Serra Tahada, que concluíram o curso de Captação e Manejo de Água oferecido na modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC) através do Projeto Escola das Águas pelo Centro de Habilitação e Apoio ao Pequeno Agricultor do Araripe (Chapada) em parceira com a instituição de ensino.

 

A mesa coordenadora da certificação foi composta pelo diretor geral do câmpus Ouricuri, o professor Jean Carlos, pela coordenadora do Projeto Escola das Águas, Valéria Landim, pelo vereador de Ouricuri, Everaldo Valério, pela secretária de Educação de Santa Filomena, Noélia Rodrigues, pelo representante do prefeito de Ouricuri, Agripino Vieira, pela representante da ONG Caatinga, Lana Fernandes, e pelo vice-presidente da ONG Cecor e presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Serra Talhada, Flaviano Marcos.

 

O professor Jean Carlos foi o primeiro a discursar. O docente agradeceu os alunos e os parceiros por acreditarem na instituição de ensino e aconselhou aos jovens: “ A única mola que angaria melhorias na nossa vida é a educação. Parabéns por terem concluído o curso com êxito e não parem nele. Continuem buscando a qualificação profissional”.

 

A representante do Chapada, Valéria Landim, reforçou os objetivos Projeto Escolas da Águas. “ O projeto tem o intuito de qualificar profissionalmente os jovens para que  pudessem, por escolha própria, trabalhar como técnicos do campo nas áreas de convivência com o Semiárido, na agroecologia e se inserir no mercado de trabalho”, afirmou.

 

O formando Jonas Deyvid resumiu o sentimento dos estudantes. “ Tivemos vários motivos para fazer o curso. Desde o início do projeto, a cada etapa terminada ,todos ficamos com expectativa para os módulos práticos que se concretizaram na construção das tecnologias”, contou.

 

O curso de Captação e Manejo de Água  teve cinco módulos e uma carga horária de 200 horas. Ele faz parte do Projeto Escola das Águas desenvolvido pelo Chapada e em parceira com Centro de Assessoria e Apoio aos Trabalhadores e Instituições Não Governamentais Alternativas (Caatinga), com o Centro de Educação Comunitária Rural (Cecor) e com o câmpus Ouricuri e tem o patrocínio da Petrobras.

 

POR: Felipe Piauilino/Ascom

 

FOTOS: Humberto Lacerda

 

 

Voltar

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátis

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!