A importância do conhecimento de noções básicas do Direito do Trabalho para um Técnico em RH

25/03/2013 16:52

Considerando uma nova roupagem que a sociedade vem adquirindo com o passar do tempo e, por conseqüência disso, o surgimento de novas perspectivas na área econômica, tecnológica, ambiental e social, estar sempre bem informado é fator de destaque no ambiente em que o profissional de Recursos Humanos está inserido. Ter consciência que o mundo muda e, por conseguinte, as pessoas também vão se adaptando às mudanças permite que o técnico de RH possa adquirir uma visão mais ampla dos processos e transformações no âmbito das organizações.

Dentre as áreas de conhecimento que o profissional de RH deve estar preparado e conhecedor das normas está o Direito do Trabalho. É imprescindível que este profissional entenda a origem, a importância e a aplicabilidade das normas jurídicas que atendem os direitos do trabalhador e estabelecem seus deveres junto às organizações. Os princípios jurídicos são a base teórica e referencial para a elaboração e aplicação de normas e objetivos comuns às empresas e seus colaboradores. Atualmente, para se destacar no complexo mundo competitivo, os profissionais de RH do final do século XX e início do século XXI devem manter-se constantemente atualizados das novas regras, novos propósitos e novos direcionamentos jurídicos para que atendam com excelência as exigências do mercado. Somente com informações a cerca do ordenamento jurídico vigente o técnico em RH poderá atuar com dinamismo, objetividade e flexibilidade no que diz respeito à igualdade de direitos, com senso de justiça e dignidade na relação com os colaboradores e empregadores, partindo do pressuposto que as regras jurídicas tem sua origem justamente na relação humana.

Por estar diante de tantas normas e tantas situações complexas que ocorrem na maioria das organizações, estar ciente do que está fazendo e tomando decisões com embasamento jurídico facilita (e muito) o trabalho do profissional de RH. Como técnico, é importantíssimo ter conhecimentos “técnicos” para que o trabalho possa ser realizado com segurança e confiança, tudo dentro da legalidade e primando pela democracia e igualdade. Conhecer os direitos do empregado, por exemplo, no que se refere a greves e paralisações permite a tomada de decisões pautadas em subsídios mais racionais do que emocionais.

Como em toda profissão, seja ela no campo das ciências humanas, ciências exatas ou ciências políticas e sociais, o conhecimento sempre fará o diferencial no andamento dos processos trabalhistas. E, neste sentido, o técnico em RH deve estar aberto às necessidades do colaborador e da organização no tocante ao atendimento técnico especializado, no sentido de fazer prevalecer sempre os dispositivos legais de ordenamento nas relações de trabalho.

Voltar

Comente esta postagem

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

Enquete

O QUE MAIS DEVE SER VALORIZADO EM UM FUNCIONÁRIO (COLABORADOR)?

Total de votos: 0

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátis

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!